Poetizou 12 (Em Quarentena)- A Paixão

Autoria de Maria Eduarda Marquez, graduanda em Direito e membra da LAAD. A PAIXÃO   A gente se apaixona A gente até cria expectativa A gente até começa a fazer planos   Só que se o outro não corresponde A gente desiste da pessoa A gente tenta algumas vezes Só…

Poetizou (Edição especial de Dia dos Pais 03)- Perdão

De autoria de Denise Machado Leal, em homenagem ao seu querido pai, e poeta, Valtecino Eufrásio Leal. Perdão   Na relação entre pais e filhos, existem muitas palavras, que ditas ou não ditas, são pesadas. Palavras e ações que fazem as pessoas, sentirem-se enfurecidas ou acalantadas, abandonadas ou amadas.  …

Poetizou 11 (Em Quarentena)- Dor de Amor

Autoria de Bruna Batista Santana.   Dor de amor   Antes de conhecer essa dor Já doía ver casais romperem Ver o fim do sabor Amores morrerem Quando conheci essa dor Vi os laços findarem Vi meu coração apertar Era como morrer de amor Quando o peito começa a piar…

Poetizou 10 (Em Quarentena)- Olhos Hipócritas

Autoria de Leonardo Costa, Graduando em Direito e Coordenador de Pesquisa da LAAD.   Olhos Hipócritas   Já ouvi que os olhos são a janela d’alma Olhos esses que pesam sobre meus ombros  Olhos que me insultam por entre os cantos Ignorantes  olhos que não enxergam o trauma   Fúteis…

Poetizou 09 (Em Quarentena)- Brasil

Autoria de Maria Eduarda Morais, Graduanda em Direito e Coordenadora de projetos da LAAD. Essa poesia é uma paródia do poema "E Agora José?" de Carlos Drummond de Andrade.   BRASIL   E agora, Brasil? O carnaval acabou, A esperança apagou, O povo sumiu, A noite esfriou, E agora, Brasil?…

Poetizou 08 (Em Quarentena)- 31 dias de isolamento

Autoria de Denise Leal, Bacharel em Direito, Fundadora e Presidente da LAAD. 4ª semana de quarentena: Fazenda, mato e liberdade, Como me fazem saudade. Sinto falta do doce feito sob a lenha, Do cheiro de café moído na hora, E da pamonha feita com a família inteira. Me faz falta,…
1 2 3 5