Poetizou 02 (Em Quarentena)- Respiradores, Respir(ação)

Compartilhe nosso conteúdo

Coração partido é uma sensação, suponho

De um dia, tão enfadonho

Onde você perdeu a si mesmo,

Porque foi deixado a esmo.

 

É um momento que te domina,

Com todo saudosismo, d’outrora

E faz sentido, tudo que você abomina.

 

E eu sequer trouxe meus livros comigo,

eles estão lá e eu aqui. Os botecos estão fechados,

as igrejas, e as escolas. Estamos ilhados.

 

O que se há de fazer? Respira-ação.

Respiração, entre um inspirar e expirar há oração. 

Por: todo o meu ser, não sucumbir, e querer ficar.

 

Nem tudo o que eu abomino,

já faz sentido. E ainda que eu parta,

eis aqui o ar, sopro da vida,

para que a gente reparta.

 

Inspirado em sentimentos de pandemia: ainda há guerra, e há dor e mortes, MAS, também há vida, há quem doe seus respiradores para que outros possam viver. 

Respiradores, retira dores, respira sem dores, respira (que benção!).

  • Denise Machado Leal.
Facebook Comments

Deixe uma resposta