Aula inaugural da Laad: Futuro do trabalho com as novas tecnologias

Aula inaugural da Laad: Futuro do trabalho com as novas tecnologias

Compartilhe nosso conteúdo

“Futuro do Trabalho: 4° Revolução Industrial e Reformas Legais” foi o tema da terceira aula inaugural oferecida pela Liga Acadêmica de Acessibilidade ao Direito (LAAD). O evento, organizado coletivamente pelos integrantes da LAAD, coordenados pela presidente da entidade, Denise Machado Leal, teve como objetivo debater sobre o futuro do trabalho frente às mudanças que estão ocorrendo no País, juntamente com a 4ª Revolução Industrial e suas conseqüências para os serviços e advocacia. O evento, realizado no dia 27 de agosto no Teatro do Campus V da Pontifícia Universidade Católica de Goiás, lotou o teatro de alunos interessados em prestigiar a palestra.

O evento teve início com uma apresentação cultural feita por integrantes da Liga, que cantaram “Admirável Gado Novo”, canção de Zé Ramalho lançada em 1979, mas que devido sua temática permanece atual. A canção, que trata justamente do trabalho, contextualizou o que viria a ser falado durante o evento.

Juízes prestigiam debate

Na mesa de debate dois doutores do ramo do trabalho marcaram presença: o Dr. Planton Teixeira Neto, juiz do trabalho e coordenador de pesquisa do curso de Direito da UFG, e o Dr. Alexandre Piovesan, juiz do trabalho e presidente da Associação dos Magistrados da Justiça do Trabalho (Amatra). No curso de comunicação social, o doutor e professor Rogerio Borges, representou a bancada.

Além disso, estiveram presentes, como presidente da mesa,o jornalista Ademar Fraga, acadêmico de direito e vice-presidente da LAAD; e mestra Maria Nívia Taveira Rocha professora e diretora da Escola de Direito e Relações Internacionais da PUC-GO e mediadora da mesa e a Denise Leal, presidente da LAAD.

Tecnologias digitais

As novas tecnologias digitais e as mudanças no ambiente de trabalho foi o tema central da roda de conversa, em que cada novo palestrante complementava o que foi dito pelo anterior e acrescentava uma nova perspectiva a respeito do assunto.

Atualmente o mundo está assistindo uma grande revolução tecnológica tomar conta da vida de todos, “invadindo” suas casas e os ambientes de trabalho. Com essa grande presença tecnológica nos locais de trabalho algumas pessoas desenvolveram um certo temor de perder os seus empregos para máquinas e a na palestra tratou-se da distinção entre emprego e trabalho. Os vínculos jurídicos e as relações de emprego  estão em acelerado processo de reesturação, no ambiente que se forma com a introdução de tecnologias digitais nos processos produtivos.  Diante disso, há que se atentar para a necessária proteção ao trabalhador, de maneira a garantir todos os seus direitos básicos.

Para a diretora de eventos da LAAD, Isadora Aparecida a 3ª aula inaugural tem grande importância no meio acadêmico e destaca “eventos como esse abrem espaço para uma conversa sobre os direitos trabalhistas, em aspectos legais e morais, com o objetivo de trazer esse debate para a academia fomentando o posicionamento”.

Por: Isabella Valverde  e  Karen Costa, alunas do curso Jornalismo

Fotos: Pedro Duarte

Facebook Comments

Deixe uma resposta